Ser Dedo-duro, certo ou errado?

 

Há algum tempo venho deparando com esse tema, principalmente entre os jovens, os quais consideram a amizade acima de tudo. Recentemente li uma publicação sobre o mesmo tema relacionando a sociedade e corrupção, veja abaixo a publicação de Flávio Augusto em sua página do Facebook, Geração de Valor:

Geração de Valor, Facebook Page

VÍDEO DA CAMPANHA CANADENSE

Mas o que isso tem a ver com a religião além de sermos bons cidadãos?

“Eis que vos enviei para testificar e advertir o povo, e todo aquele que for advertido deverá advertir seu próximo.” (D&C 88:81)

Esta escritura tem sido amplamente utilizada como um convite a obra missionária, porém gostaria de ampliar o uso dela.

Podemos ser advertido de muitas maneiras. A voz de advertência pode ser por meio de um líder, familiar ou amigo; Essa voz de advertência sempre deseja o melhor para nós.

Na campanha canadense estávamos entre falar ou não, ajudar ela ou ele. Na maior parte de nossa vida estamos entre ajudar a Deus ou ao inimigo. E quando ficamos inertes tomamos o partido do inimigo. Está claro que ser dedo-duro é uma tarefa difícil, porém é o que o Senhor espera de seus discípulos ao convidarmos a advertirmos o próximo.

Como fazer?

Quando conhecemos alguém que faz algo errado há a tendencia de informar e advertir a pessoa sobre seus atos. Mas algumas vezes isso não ajuda a pessoa a se arrepender, já que confessar é um passo do arrependimento, em quanto o pecado não chegar ao conhecimento do líder não há arrependimento e nos tornamos cúmplice disso. Ajudar a pessoa é dar um empurrãozinho na confissão mesmo que isso requer que sejamos um “dedo-duro” e informemos um membro do bispado sobre a situação.

Ajudar a pessoa a se arrepender é correto, Deus espera que façamos isso. Errado é viver no pecado e nada fazermos. Caso saiba de algo errado que alguém está fazendo, ajude-o advertindo-o, mostre o que é correto; Mas claro não deixe de contar aos líderes. Conte ao bispo, não seja cúmplice de um pecado que não é teu. O Bispado sempre estará a disposição de ajudar em todos os problemas.

Seja um discípulo de Cristo denuncie o que é errado a um líder do sacerdócio.

SUDBR © 2017. A visão exposta no artigo representa a opinião do autor e não necessariamente a posição da Igreja. Este website não é afiliado ou propriedade de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Para a posição oficial da igreja acesse LDS.org site oficial; Veja também os links no artigo.


Você pode gostar...

SUDBR © 2017. Todos os Direitos Reservados. É proibída a reprodução total o parcial do conteúdo sem autorização expressa do Editor. O material disponível para download é para uso pessoal sem fins lucrativos, você não está autorizado a distribuir este(s) arquivo(s) de qualquer forma seja eletronicamente ou por qualquer outro meio.


COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Resultado

A visão exposta nos comentários não representa necessariamente a posição da Igreja. Os comentários também não representam a opinião do SUDBR. A responsabilidade é inteiramente do autor do comentário. Leia nossa Política de Comentários


  1. Anderson Lopes disse:

    É isso aí! “Melhor ser digno de confiança, do que ser amado.” Fica uma ótima dica!!