PROCLAMAÇÃO DA RESTAURAÇÃO

A RESTAURAÇÃO DA PLENITUDE DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO

UMA PROCLAMAÇÃO BICENTENÁRIA AO MUNDO

A Primeira Presidência e o Conselho dos Doze Apóstolos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Solenemente proclamamos que Deus ama Seus filhos de todas as nações do mundo. Deus, o Pai, deu-nos o nascimento divino, a incomparável vida e o infinito sacrifício expiatório de Seu Filho Amado, Jesus Cristo. Pelo poder do Pai, Jesus ressuscitou e conquistou a vitória sobre a morte. Ele é nosso Salvador, nosso Exemplo e nosso Redentor. Há duzentos anos, em uma linda manhã de primavera em 1820, o jovem Joseph Smith, procurando saber a qual igreja se unir, dirigiu-se a um bosque perto de sua casa, ao norte de Nova York, EUA, para orar. Ele tinha algumas dúvidas relativas à salvação de sua alma e teve a confiança de que Deus o orientaria. Com humildade, declaramos que, em resposta à sua oração, Deus, o Pai, e Seu Filho, Jesus Cristo, apareceram a Joseph e deram início à “restauração de todas as coisas” (Atos 3:21) conforme foi predito na Bíblia. Nessa visão, ele aprendeu que, após a morte dos primeiros apóstolos, a Igreja de Cristo da época do Novo Testamento deixou de existir na Terra. Joseph foi um instrumento fundamental para o retorno dela. Declaramos que, sob a orientação do Pai e do Filho, mensageiros celestiais vieram instruir Joseph e restabelecer a Igreja de Jesus Cristo. João Batista ressuscitado restaurou a autoridade para batizar por imersão para a remissão de pecados. Três dos primeiros doze apóstolos — Pedro, Tiago e João — restauraram o apostolado e as chaves da autoridade do sacerdócio. Outros também vieram, inclusive Elias, o Profeta, que restaurou a autoridade para unir as famílias para sempre em relacionamentos eternos que transcendem a morte. Também testemunhamos que a Joseph Smith foram dados o dom e o poder de Deus para traduzir um registro antigo, o Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo. Páginas desse texto sagrado incluem um relato do ministério pessoal de Jesus Cristo entre o povo do Hemisfério Ocidental logo após Sua Ressurreição. O livro ensina sobre o propósito da vida e explica a doutrina de Cristo, que é essencial para esse propósito. Sendo um companheiro da Bíblia como livro de escrituras, o Livro de Mórmon testifica que todos os seres humanos são filhos e filhas de um Pai Celestial amoroso, que Ele tem um plano divino para nossa vida e que Seu Filho, Jesus Cristo, manifesta-Se hoje assim como o fez no passado. Declaramos que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, organizada no dia 6 de abril de 1830, é a Igreja de Cristo da época do Novo Testamento restaurada. Essa Igreja está alicerçada na vida perfeita de sua principal pedra de esquina, Jesus Cristo, em Sua Expiação infinita e em Sua Ressurreição literal. Jesus Cristo chamou novamente apóstolos e deu-lhes a autoridade do sacerdócio. Ele convida todos nós a nos achegarmos a Ele e à Sua Igreja, a recebermos o Espírito Santo e as ordenanças de salvação e a obtermos alegria duradoura. Já se passaram duzentos anos desde que Deus, o Pai, e Seu Filho Amado, Jesus Cristo, deram início a essa Restauração. Milhões de pessoas no mundo todo aceitaram de boa vontade o conhecimento desses eventos que foram profetizados. Com alegria declaramos que a Restauração prometida segue adiante por meio de revelação contínua. A Terra jamais será a mesma, à medida que Deus “congregar em Cristo todas as coisas” (Efésios 1:10). Com reverência e gratidão, como apóstolos Dele, convidamos todos a saber — assim como nós sabemos — que os céus estão abertos. Afirmamos que Deus está desvendando Sua vontade para Seus amados filhos e filhas. Testificamos que aqueles que em oração estudarem a mensagem da Restauração e agirem com fé serão abençoados com a aquisição de seu próprio testemunho da divindade da Restauração e do propósito que ela tem de preparar o mundo para a prometida Segunda Vinda de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo.

Esta proclamação foi lida pelo presidente Russell M. Nelson no dia 5 de abril de 2020 como parte de sua mensagem na 190ª Conferência Geral Anual, em Salt Lake City, Utah, EUA.

SUDBR © 2017. A visão exposta no artigo representa a opinião do autor e não necessariamente a posição da Igreja. Este website não é afiliado ou propriedade de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Para a posição oficial da igreja acesse LDS.org site oficial; Veja também os links no artigo.


Você pode gostar...

SUDBR © 2017. Todos os Direitos Reservados. É proibída a reprodução total o parcial do conteúdo sem autorização expressa do Editor. O material disponível para download é para uso pessoal sem fins lucrativos, você não está autorizado a distribuir este(s) arquivo(s) de qualquer forma seja eletronicamente ou por qualquer outro meio.


Seja o Primeiro a Comentar

Deixe aqui sua opinião, dúvida ou elogio sobre "PROCLAMAÇÃO DA RESTAURAÇÃO".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia nossa Política de Comentários