Kate Kelly, fundadora do grupo Ordain Women foi excomungada pelo conselho disciplinar formado pelo bispado da ala

No inicio desta semana Ketheleen Marie Kelly, 33 anos, fundadora do grupo Ordain Women (Mulheres Ordenadas, tradução para o português, doravante OW) foi excomungada pelo conselho disciplinar formado pelo bispado de sua ala, Vienna Ward, Oakton Virginia Stake.

O Grupo OW foi fundado em agosto de 2013 e rapidamente ganhou grande proporção atingindo seguidores mórmons em diversos países, inclusive no Brasil.

Ketheleen Marie Kelly

Ketheleen Marie Kelly, líder e co-fundadora do grupo Mulheres Ordenadas (OrdainWomen.org)

Kate sua família estão devastados e expressão seus sentimentos: “A decisão de me forçar a sair de minha congregação e da comunidade é extremamente dolorosa.” “Hoje é um dia trágico para a minha família e eu, o processo das muitas maneiras que isso irá impactar tanto nesta vida como na eternidade. Amo o evangelho e a coragem do seu povo. Não afastem. Fiquem, e faça melhorias.”

A decisão tomada pela liderança local de Virginia abrirá um desfiladeiro entre ambos os lados, concernente a compreensão dos  fatos. Este artigo deve ser usado para clarear está discussão e mais uma vez firmar a posição do SUDBR.

Em maio deste ano Kate foi aconselhada por seu Presidente de Estaca, que ela deveria parar com o movimento e que se não tirasse o site do ar ela iria enfrentar as consequências. Ela se recusou, não deu atenção a advertência de seu líder eclesiástico, autoridade do sacerdócio. Em 8 de junho mudou-se de virgínia para provo. Depois da mudança ela recebeu um e-mail de seu bispo de virgínia informando sobre o conselho disciplinar.

O conselho disciplinar foi feito em Virgínia em quanto Kate estava morando em Provo, uma viagem de 31h de carro. Muitos podem dizer que o bispo não agiu de boa fé, pois Kate não poderia estar presente no conselho disciplinar. Porém no Manual 1 item 6.2.7 Jurisdição em Circunstâncias Especiais explica que um bispo pode reter o registro de um membro que se muda. Portanto está definido que ação disciplinar é aplicada na ala ou estaca em que está o registro de membro do transgressor (item 6.2, manual 1). Foi dado a Kate a possibilidade de participar do conselho em vídeo conferencia e mesmo assim ela recusou, explicando que ela acreditava que era injusto os líderes na Virgínia realizar o conselho depois que ela já havia se mudado para Provo e pediu que seu registro de membro fosse transferido.

Porém um conselho disciplinar é parte de uma Ação Disciplinar. A Ação Disciplinar de Kate iniciou-se quando seu líder eclesiástico advertiu e a aconselhou a parar com o movimento, essa advertência foi feita por meio de uma Ação Disciplinar Informal a qual não levou ao arrependimento e culminou a uma Ação Disciplinar Formal, o Conselho Disciplinar. Uma vez que uma ação disciplinar esta em andamento sendo formal ou não o líder deve reter a ficha do membro. Porém no caso de Apostasia não havia a necessidade de uma Ação Disciplinar Informa pois nesses casos convocar um Concelho Disciplinar É Obrigatório (ver item 6.7.3, manual 1)

Os propósitos dos conselhos disciplinares são (1) salvar a alma dos transgressores, (2) proteger os inocentes e (3) salvaguardar a pureza, a integridade e o bom nome da Igreja. O terceiro propósito talvez não se aplique ao caso de Kate Kelly, porém os dois primeiros é evidente que sim. O primeiro propósito da ação disciplinar da Igreja é salvar a alma do transgressor ajudando-o a se arrepender (ver D&C 1:31–32; 19:13–20; 42:37; 64:12–13). Se a pessoa não se arrepende, fica sujeita às exigências da justiça eterna (ver Alma 34:16). O segundo propósito da ação disciplinar da Igreja é proteger os inocentes. Por inspiração, o líder do sacerdócio deve tomar medidas para proteger as pessoas quando um transgressor representar uma ameaça física ou espiritual para elas, como nos casos de práticas predatórias, agressão física, abuso sexual, abuso de drogas, fraude ou apostasia (ver Alma 5:59–60).

No domingo Kate disse, um pouco antes de seu conselho disciplinar,  em uma entrevista por telefone: “Eu não sou um apóstata, a menos que cada pessoa que tem perguntas e fazê-las em voz alta é um apóstata” (…) “Eu sou uma mulher mórmon fiel, ativa que nunca falou nada contra os líderes da igreja, e isso não é a minha definição de um apóstata.” Na realidade Kate está um pouco equivocada sobre a definição de apóstata; Apostasia é um pouco mais que só falar mal dos líderes (veja a definição de apostasia). Portanto persistir em ensinar como doutrina da Igreja informações que não são doutrina da Igreja, depois de terem sido corrigidos por seu bispo ou por autoridade maior também é apostasia. Kate não é apóstata por ter perguntado, o problema é que ela não aceitou a resposta. Resposta dada por um Apóstolo do Senhor, Elder Dallin H. Oaks (leia também Sacerdócio à Maneria do Senhor). Além da resposta, pronunciada pelo apóstolo, o Presidente de Estaca de Kate também a advertiu, e mesmo assim ela não se arrependeu.

A líder de um grupo que reivindica o sacerdócio simplesmente não respeita a autoridade do sacerdócio?

Tanto na entrevista de candidatos a receber as ordenanças do templo quanto a candidatos a receber o sacerdócio, precisam estar e conformidade, em relação a diversas condutas, entre elas: (1) Apoiar a liderança da igreja, desde A Primeira Presidência até as autoridades locais; (2) Não apoiar, concordar ou estar associado com qualquer grupo ou indivíduo cujo ensinamentos ou praticas sejam contrários ou opostos aos aceitos pela Igreja.

O grupo OW tinha uma pergunta e a igreja respondeu, através de um apóstolo, a resposta simplesmente não foi aceita pelo grupo OW. Como fica agora? O grupo está apoiando a liderança da igreja? esta apoiando a autoridade do sacerdócio? Claro que não e ainda mais agora estão ensinando princípios contrários aos aceitos pela igreja. E como, todos estão associados ou concordam com o grupo, responderiam a pergunta: Você apóia, concorda ou esta associado a quaisquer grupos ou indivíduos cujos ensinamentos ou práticas sejam contrários ou opostos aos aceitos por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias? 

O fato de Kate não ter dado atenção a advertência do bispo resultou em um conselho disciplinar. Kate não compareceu ao conselho o qual ela foi convocada, dando assim as costas ao seu líder do sacerdócio, dando as costas ao sacerdócio, com certeza isso implicou em um agravante na decisão do conselho.

Kate deu as costas ao sacerdócio, agora ela não tem direito as bençãos do sacerdócio até que ela se arrependa, e siga as determinações do conselho disciplinar que a excomungou. Ela afirma que irá apelar a medida tomada pelo conselho à Primeira Presidência.

Fontes:
KSL.com: Ordain Women founder excommunicated from LDS Church
FOX13now.com: Kelly is ‘devastated’ about excommunication decision, Ordain Women says
NewYorkTimes.com: Mormons Expel Founder of Group Seeking Priesthood for Women
The Salt Lake Tribune: Kelly on excommunication from Mormon church: ‘I’ve done nothing wrong’

SUDBR © 2017. A visão exposta no artigo representa a opinião do autor e não necessariamente a posição da Igreja. Este website não é afiliado ou propriedade de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Para a posição oficial da igreja acesse LDS.org site oficial; Veja também os links no artigo.


Você pode gostar...

17 Resultados

A visão exposta nos comentários não representa necessariamente a posição da Igreja. Os comentários também não representam a opinião do SUDBR. A responsabilidade é inteiramente do autor do comentário.


  1. Anderson Emídio disse:

    Se isso não é a prática de Apostasia seria o que?
    Uma mulher buscando receber o Sacerdócio é o mesmo que negar as escrituras e os ensinamentos do próprio Salvador. A única coisa que ela deveria ter feito era ter ouvido seu líder e ouvido os sussurros do espírito.

  2. Sergio Ricardo Bueno disse:

    Parabéns irmão pela iniciativa em manter esse site, pelos artigos, ele ajuda nos ajuda a compreender- mos melhor a igreja e a doutrina.

  3. teac disse:

    É esse o teste cumprir através da fé tudo que o Senhor propor pela sua Vontade… inclui teste de fidelidade… o principio é saber que é verdade… Sujeito não foi levado na barriga de uma baleia… Jó não foi testado ao máximo… Tem gente que é mimamo do evangelho e vira a casaca rapidinho no primeiro embate… ” Perdem a carreira… e falecem na fé…”

  4. Martha da Silva disse:

    É realmente muito triste ver uma filha de Deus se deixar manipular por satanás e chegar a esse ponto! Sei que estamos nos últimos dias porque além de todas as catástrofes, terrorismo e guerras que estamos presenciando, vemos que muitos bons membros e até líderes que outrora foram firmes na fé estão caindo e se deixando enganar pelas artimanhas de satanás! Oro para que o nosso profeta e líderes gerais e locais sejam abençoados com força espiritual e sabedoria para lidar com esses tristes e lamentáveis episódios!

  5. lope5 disse:

    É isso que não intendo, os apostatas tentam mudar os estatutos, desafiam os lideres, questionam o Senhor e ainda querem estar no meio dos santos disseminando suas loucuras, essa mulher é um perfeito exemplo de alguém que perdeu a fé, e se casada for tem um marido tão omisso e culpado quanto ela.Amo minha esposa e escuto muito ela, mas jamais permitiria ela afundar tão profundamente sem fazer nada.Se não querem ser punidos, arrependam-se e mudem

    • Este é só um exemplo entre muitos de pessoas que querem moldar o evangelho de Cristo de acordo com seus interesses. O importante é fazer como você disse que a casamento, união sagrada, seja uma proteção contra o destruidor.

  6. Genesio disse:

    Leandro Ginatto, qual foi a pergunta que a sra. Kate fez e qual foi a resposta dada que ela não aceitou?

  7. Dennys Roa disse:

    Existem muitos apóstatas na Igreja, aqui no Brasil não é diferente, existem membros dentro da Igreja que falam mal dos Apóstolos e do Profeta, simplesmente por olharem além do marco e buscando sofisticação e coisas que estão além de sua compreensão. Deus não muda, tampouco Suas doutrinas e princípios, o que muda é apenas a maneira de esses princípios serem aplicados, (Por exemplo os programas da igreja que vem sendo aprimorados desde a fundação da Igreja, como o programa de ensino dos Jovens o “Vem, e segue-me”) Porém a ordem patriarcal do Sacerdócio é imutável e vem de eternidade a eternidade e no mundo vindouro o homem ainda será o o cabeça da família e terá o Sacerdócio para presidir a família em retidão.

  8. Thiago disse:

    Parece que meus comentários foram previamente censurados.

  9. Thiago Clarindo da SIlva disse:

    Leandro Ginatto, você acredita mesmo em TUDO que sai da boca das Autoridades Gerais da igreja?

  10. SUDBR.ORG disse:

    – NOTA EM RESPOSTA AS REAÇÕES CAUSADAS PELO ARTIGO –

    Gostaria de declarar que somos a favor de tudo que sai da boca dos profetas. E respeitamos as autoridades do sacerdócio, que inclui aceitar a ordem determinada por Deus para o sacerdócio Dele aqui na terra, não somos machistas por aceitar o teocratismo. Não somos a favor de movimentos sejam machistas, feministas ou até homossexuais; os quais atentam mudar os estatutos definidos por Deus. Somos a favor da manutenção da lei Divina aceitando e compreendendo que somente Deus define Suas leis através dos santos profetas.

    Surgiram algumas contestações em consequência deste último artigo. Mas já era esperado os santos se dividirem quanto a isso. Porém algumas pessoas entenderam erroneamente que eramos a favor de tal movimento. A finidade de nossos artigos é informar aos santos quanto as preocupações do que vem acontecendo na atualidade com uma posição à favor da Igreja (Primeira Presidência, Apóstolos e as Autoridades Gerais.)

  1. 28 de fevereiro de 2015

    […] Women (Mulheres Ordenadas, tradução para o português) que foi excomungada em junho de 2014 (veja nosso artigo anterior), teve sua apelação à decisão do Conselho Disciplinar negada pela Primeira Presidência. Essa […]

  2. 26 de julho de 2015

    […] Kate Kelly, fundadora do grupo Ordain Women foi excomungada pelo conselho disciplinar formado pelo b… […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


SUDBR © 2017. Todos os Direitos Reservados. É proibída a reprodução total o parcial do conteúdo sem autorização expressa do Editor. O material disponível para download é para uso pessoal sem fins lucrativos, você não está autorizado a distribuir este(s) arquivo(s) de qualquer forma eletronicamente ou por qualquer outro meio.